Tag: inspiração

Estratégias para Educação Ambiental – Sesc Campo Limpo

Em junho, mês do meio ambiente, estaremos no Sesc Campo Limpo com oficina direcionada para Educadores.

As inscrições estão abertas para os dias 02/06, 16/06 e 23/06!

A oficina é gratuita e as vagas limitadas.

Oficina para Educadores no Sesc Campo Limpo

terrários

Ambiente Circular no Terra Rara!

-2

Na semana passada estivemos no programa Terra Rara, da Rádio Moarandu, contando sobre a trajetória do projeto Ambiente Circular e nossas perspectivas.

Confira trechos do programa:

 thumbs

O programa Terra Rara vai ao ar todas as quintas feiras, às 20:00, pela web (www.radiomoarandu.com.br/radio) e tem como foco ecologia e sustentabilidade, apresentando entrevistas, considerações e debates sobre questões da atualidade que afetam a qualidade de vida do planeta.

Nossos agradecimentos a Ruy de Oliveira Jacques, Luiz Deganello e Beatriz Goldman

Boas Trocas…

Confesso, tenho preguiça de final de ano!

Toda a dinâmica que gira em torno das festas, trânsito, decoração de natal e luzes por toda a parte, turismo urbano caótico e mais a caça aos presentes… me dá vontade de fugir!  E muitas vezes é exatamente isso que eu faço, mas não adianta muito, não é mesmo?!

E me passa um daqueles pensamentos insistentes pela cabeça… Porque razão temos que passar por esse período do ano de forma tão sistemática? Afinal, qual é e aonde está o significado das “festas de fim de ano”?

Bom, esta é uma pergunta bastante pessoal, pois cada um pode dar às festas o significado que preferir… mas, particularmente, gostaria de imprimir a este momento de reunião um valor mais simples de confraternização familiar, “celebração do encontro”.

Alterando e resignificando os “rituais”, a troca de presentes poderia ser literalmente uma “troca” e não apenas de coisas que compramos para esta ocasião, mas de algo mais significativo… é tão bom quando podemos presentear alguém com significado, mesmo quando o “presente” seja uma experiência, um conhecimento, ou mesmo uma lembrança que tenha valor tanto para quem dá como para quem recebe.

Alguém já disse,  aquilo que damos com coração é o que é realmente nosso. O sentido dessa frase para mim está no significado que impingimos ao que damos, não interessa o que seja, pode ser uma palavra, um abraço.

Para inspirar meu coração na busca do que quero trocar neste natal, quero mergulhar dentro de mim e procurar nas minhas lembranças algo que considero valioso… (talvez aquela receita de biscoitos da vovó? talvez um caderno para anotar os sonhos? talvez músicas especiais?…) E com todo meu carinho dedicar a minha troca como símbolo do meu carinho pela família e pelos amigos queridos que dela também fazem parte.

Silêncio interno

Como se altera um hábito? Como se insere uma nova rotina em nosso cotidiano?

Aos poucos e com calma, seria minha resposta hoje em dia.

As vezes, o dia a dia que achamos ideal está longe de ser o que estamos praticando em nossas rotinas.

A adequação de rotina para promover desde coisas simples, como, por exemplo, ter mais tempo para acordar e tomar café da manhã com calma em casa, escutando uma boa música, até ideais mais elaborados, só depende de nos reorganizarmos, mas o importante é começar esse rearranjo pelo nosso espaço interno.

via: wit & delight – a visual journal

Mas como assim?

Bem, para que se trazer a rotina um padrão diferente do que estamos acostumados é preciso lidar com adequações c ajustes decorrentes da mudança e se não estivermos internamente organizados para essas adequações a alteração se desfaz e o velho padrão retoma seu lugar.

Não estamos acostumados com a calma, com a paciência de um processo que só ocorre no decorrer do tempo… ensinar ao corpo e a mente novos padrões leva tempo, assim como levou tempo para aprendermos a ler, para aprendermos a falar, entre muitos outros processos de aprendizagem normalmente ocorridos na infância.

Na agitação e correria, a aprendizagem requer calma, silêncio interno, para que o processo seja efetivo.

Observar os processos e tempos na natureza pode ser exercício inspirador para reaprendermos a seguir o nosso fluxo e silenciar nosso interior. Na natureza tudo o que ocorre segue um contexto sincrônico entre vários elementos presentes e a alteração de um requer readaptação de outro (a velha lei da causa e consequência). Esse equilíbrio sincrônico está sempre presente, inclusive nos momentos de transformação.

A mudança começa em sua preparação, no momento em que se vislumbra e se prepara algo… o resto é consequência.

Ser ou não ser o trânsito?!

“Você não está no trânsito. Você é o trânsito”. A frase inspirou o vídeo brasileiro premiado no concurso mundial da Siemens sobre sustentabilidade.

O que nos faz acreditar que o trânsito são os outros? Confira o vídeo pode nos inspirar a transformar de maneira positiva o nosso dia a dia.